Pages

26 de maio de 2010

Nightime Under Stars.

Um belíssimo concerto/peça de teatro que os The XX proporcionaram ontem ao público de uma aula Magna a abarrotar. Uma mistura de espaço cénica com a já definida música dos artistas criou uma ligação emocional de todo o momento, duma forma que poucas bandas com um único álbum para apresentar, conseguem fazer. Não esquecer que os pequenos têm idades compreendidas entre os 19 e 21 e já demonstram uma maturidade musical e lírica acima da média. Parecem os irmãos depressivos mais novos dos The Cure ou dos Radiohead. A cumplicidade entre as vozes de Romy Madley-Croft e Oliver Sim mais parecem que são um casal a falar de amores e paixão por sussuros, à espera que ninguém ouça. O ninja total dos samplers, Jamie Smith, mostrou e bem porque é que é o espírito criativo por detrás da banda ao tocar bateria, samples, piano, efeitos. O homem é um mais que um dj, é um técnico musical.

Este é daqueles concertos que fica na retina e na memória.
Curiosamente, até acho que deve funcionar bem em festival durante a noite. A ver vamos no Alive.


Se vos apetecer terem um gosto do que se passou ontem, então cliquem AQUI e ouçam um concerto deles ao vivo em excelente qualidade.

2 Ah e tal...:

Anita disse...

inveja :(

Cyclone. disse...

Vais poder ver no Alive:)